Em pleno dia 22 de dezembro, não tiveram mais nenhuma noticia de Noel. Assim explanaram as notícias no mundo magico em meio ao Polo Norte. Mas es a questão, onde foi parar Noel?
Ao ir comprar os papeis de presente, Noel teve que se disfarçar para não chamar atenção das pessoas nas ruas e lojas, pois qualquer um ficaria encantado ao ver um velhinho barbudo voando em alto céu encima de um trenó puxado por renas. Ao se disfarçar e ir comprar os relevantes papeis de presente, a moça da loja abismada e descontente começa a comentar o que iria acontecer nas festas da praça. Mas o motivo da moça estar descontente é porque não teria um Papai Noel para representar o espirito natalino. Assim não haveria fotos, luzes, o bom velhinho, as decorações e a prosperidade exalada da junção da população.
Noel se sentiu pressionado, mas ao mesmo tempo ficou triste com a situação daquelas pessoas que esperam de ano em ano para comemorarem as grandes festas natalinas. Então, olhou para moça e disse: - Que comece as festas! Eu serei o Papai Noel da praça. A moça sorriu e ficou próspera, e então a noticia se explanou por toda a cidade. Ao terminar de comprar os respectivos papeis, colocou sobre seu trenó e enviou suas renas levarem os papeis, e junto com as embalagens enviou uma carta dizendo, “Conto com vocês na estrega dos presentes. Eu amo as crianças do mundo todo, mas quando se torna adulto ainda se é uma criança! As pessoas dessa cidade encontram-se tristes, pois não poderão vivenciar as festas sem um papai Noel, assim serei o Noel deles. Conto com vocês meus baixinhos favoritos HO HO HO”.
As renas demoraram em chegar, mas com sua lealdade e censo magico do caminho ao Polo Norte, atingiram o destino. Os elfos conseguiram ver as renas, ficaram contentes com a carta enviada. Embalaram todos os presentes, e foram entregando um por um. Ao final do dia, contagem regressiva para o natal, as entregas foram efetuadas com sucesso, e todos os elfos pularam de alegria, assim como as pessoas da praça onde se encontrava o Papai Noel. Foram festas e nostalgia, vivenciando todos a alegria.

Garder HabboPOP
Enjoy the site? All donations are appreciated

Free Text Host is brought to you by Dagon Design
This site contains no adware, spyware, or popups
Questions? Comments?     Privacy Policy     Report abuse here